09 agosto 2019

Requalificação da Praça da Liberdade em Reguengos de Monsaraz

Conheça aqui o projeto para a nova Praça da Liberdade

A requalificação da Praça da Liberdade teve como vetores principais a devolução deste espaço à utilização pedonal, lúdica, plurigeracional e multifuncional.

Em termos de materialidade será utilizado calcário em conjunção com o granito nas mais diversas formas.

O reordenamento do trânsito e do estacionamento votando o lado Poente ao uso e acesso pedonal exclusivo ditam uma nova estrutura urbana deste espaço.

Assim, o tabuleiro Poente será destinado à instalação de esplanadas e integrará um conjunto de mobiliário urbano que apela à estadia. Paralelamente propõe-se um espaço com 35m2 de carácter multifuncional e que no seu expoente máximo será um palco.

O tabuleiro Nascente, e porque encerra um conjunto de serviços, mantém a circulação em torno do tabuleiro apenas num sentido com estacionamento paralelo à via de circulação nos dois sentidos. Realça-se um lugar específico para cargas e descargas. Este estacionamento integra ainda estacionamento para mobilidade condicionada. É importante referir ainda que a via de circulação supracitada terá a possibilidade, através de pilaretes retatéis, de ser fechada na totalidade em dias ou eventos específicos.

O tabuleiro Nascente irá integrar, para além de mobiliário urbano que convida à estadia, no caso bancos (11), bica (1), papeleiras (12), estacionamento para bicicletas (1); um quiosque cujo objetivo principal é a venda de jornais e revistas por um lado e por outro pequenos serviços de pastelaria. A Este estará associada uma zona de esplanada.

O tabuleiro Nascente terá ainda um elemento de água que se caracteriza por um conjunto de repuxos e vaporizadores e que convidam ao convívio para todas as idades.

Ambos os tabuleiros são atravessados pela ciclovia num espaço canal devidamente estruturado para o efeito e que garante os necessários atravessamentos dos peões que circulam na Praça em segurança.

É importante referir ainda as duas “ilhas” localizadas na zona Sul da Praça apesar de estarem separadas dos tabuleiros principais pelas vias de circulação automóvel, são ligadas aos mesmos através de passadeiras devidamente sinalizadas e que convidam à fruição do espaço como um todo.

Estas duas zonas na parte Sul da Praça têm como objectivo o enquadramento da Igreja Matriz e da envolvente ao Auditório Municipal.

É importante referir ainda que todo o espaço foi sublinhado através de iluminação específica em determinados elementos nomeadamente em todas as árvores, no elemento de água e nas fachadas históricas.

Documentos para c​​onsulta

Planta principal do projeto

Alguns detalhes do equipamento previsto​