08 dezembro 2019

Miguel Gameiro canta no 15.º aniversário da elevação de Reguengos de Monsaraz a cidade

Luís Capoulas Santos vai ser homenageado com a Chave de Honra do Município de Reguengos de Monsaraz

O 15.º aniversário da elevação de Reguengos de Monsaraz à categoria administrativa de cidade vai ser assinalado no dia 8 de dezembro, às 21h, com um espetáculo no auditório municipal. Nessa noite vão ouvir-se os grandes sucessos musicais dos 25 anos de carreira de Miguel Gameiro e o Cante alentejano com o Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz e o Grupo Coral Infantil das Atividades de Animação e Apoio à Família.

Miguel Gameiro formou o grupo Pólo Norte em 1994 e gravou sete álbuns com a banda. Em 2010 lançou o seu disco de estreia a solo, “A porta ao lado”, três anos depois editou o álbum “11 canções” e em 2018 o disco “Maria”, composto por duetos com oito das mais carismáticas cantoras portuguesas. Neste concerto, Miguel Gameiro vai cantar, entre outras, as músicas “Dá-me um abraço”, “Lisboa”, “Grito”, “Aprender a ser feliz”, “O teu nome” e “Alquimia”.

Nesta noite, a autarquia vai atribuir a Chave de Honra do Município de Reguengos de Monsaraz a Luís Capoulas Santos. Desta forma, a autarquia pretende homenagear Capoulas Santos “pelo seu reconhecido mérito, prestígio e cargos desempenhados no Governo e no Parlamento Europeu, na área da agricultura”, tendo sido também subscritor enquanto deputado da proposta de elevação de Reguengos de Monsaraz à categoria administrativa de cidade e “o seu contributo foi fundamental para a aprovação do bloco de rega que vai ser implementado no concelho”.

O município vai também atribuir medalhas a personalidades, instituições e empresas que se distinguiram pelos seus méritos e feitos nos mais variados domínios de atuação, contribuindo para o engrandecimento e o prestígio do município. As distinções foram propostas pelo Executivo Municipal e aprovadas pela Assembleia Municipal.

A Medalha de Mérito Científico, que é concedida a pessoas singulares ou coletivas, nacionais ou estrangeiras, que contribuam de forma decisiva para a inovação, formação e desenvolvimento tecnológico ou científico do concelho vai ser entregue a Domingos José Alves Caeiro, que exerce o cargo de vice-provedor para a Gestão Académica e Interação com a Sociedade da Universidade Aberta. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mestre em Comunicação Educacional Multimédia pela mesma universidade e doutorado em Ciências Sociais e Humanas/Histórias Contemporâneas pela Universidade Aberta, tem publicado diversos trabalhos sobre a mediatização dos discursos no ensino da História e é professor auxiliar do Departamento de Ciências Sociais e de Gestão da Universidade Aberta.

A Medalha de Mérito Cultural, que é atribuída a quem se destacou na literatura, nas artes plásticas, no teatro, na música, no cinema, ou que, de qualquer forma tenha promovido a cultura, a história e o património local, vai premiar duas associações do concelho, nomeadamente a Sociedade União e Progresso Aldematense e a Sociedade Harmonia Sanmarquense.

Os trabalhadores e colaboradores da autarquia que no exercício da sua atividade se distinguiram pelo exemplar comportamento, pela competência profissional e pela dedicação à causa pública vão receber a Medalha de Bons Serviços e Dedicação ao Município de Reguengos de Monsaraz. Assim, este ano, dois funcionários da autarquia com 35 anos de tempo de serviço vão ser agraciados com a Medalha de Ouro e um com 15 anos de trabalho efetivo vai receber a Medalha de Bronze.

​Gabinete de Comunicação e Imagem | Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048​​ | imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt