31 outubro 2018

Conselho Local de Ação Social de Reguengos de Monsaraz integrou o IEFP no Núcleo Executivo

Reunião decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Reguengos de Monsaraz

O Conselho Local de Ação Social de Reguengos de Monsaraz reuniu no dia 29 de outubro no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Reguengos de Monsaraz. Nesta reunião foi aprovada por unanimidade a proposta da nova constituição do Núcleo Executivo do Conselho Local de Ação Social, que integrou o parceiro estratégico IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional de Évora.

O Núcleo Executivo, enquanto estrutura operativa da Rede Social, inclui também o Município de Reguengos de Monsaraz, o Centro Distrital de Évora do Instituto da Segurança Social, o Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz, a Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, a Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz e a Unidade de Cuidados na Comunidade Almoreg.

Em cima da mesa esteve também a apresentação do CRI – Centro de Respostas Integradas e do Compromisso GIRA – Grupo de Intervenção Regional no Álcool. Este centro integra a Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências da ARS Alentejo, tendo o Conselho Local de Ação Social manifestado interesse em aderir ao Compromisso GIRA.

Nesse âmbito pretende-se criar um espaço permanente e abrangente que envolva os vários agentes públicos e privados com intervenção direta ou indireta no setor do álcool, como por exemplo nas áreas da fiscalização, produção, comercialização, prevenção e tratamento. Através do Compromisso GIRA poderá ser desenhada uma intervenção regional integrada e orientada para a promoção de uma cultura de moderação e responsabilidade entre os vários membros da comunidade do Alentejo central e consciencializá-los e sensibilizá-los para os problemas relacionados com o consumo excessivo de álcool.

Nesta reunião foi ainda aprovada por unanimidade a proposta de integração da Equipa Local de Intervenção Precoce de Reguengos de Monsaraz e Mourão no Conselho Local de Ação Social. As Equipas Locais de Intervenção Precoce operacionalizam o preconizado no Sistema Nacional de Intervenção Precoce, que funciona através da atuação coordenada dos ministérios do Trabalho e da Solidariedade Social, da Educação e da Saúde, conjuntamente com o envolvimento das famílias e da comunidade. Estas equipas prestam um serviço de apoio a crianças até aos 6 anos de idade que apresentem alterações nas funções ou estruturas do corpo e/ou risco grave de atraso no desenvolvimento, assegurando um sistema de interação entre as famílias e as instituições (na primeira linha as da saúde) para que todos os casos sejam devidamente identificados e sinalizados tão rapidamente quanto possível.

​Gabinete de Comunicação e Imagem | Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048 | imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt