29 maio 2019

Envelhecimento ativo em análise no Reguengos Mais Saudável

Iniciativa decorre no dia 31 de maio no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz

O Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz vai receber no dia 31 de maio as jornadas Reguengos Mais Saudável, subordinado ao tema “Conceções do envelhecimento ativo”. Esta iniciativa é organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz, pela Almoreg - Unidade de Cuidados na Comunidade Reguengos de Monsaraz/Mourão e pela Movireg – Associação de Voluntariado em Movimento de Reguengos de Monsaraz.

A pertinência do encontro assenta no facto de atualmente existirem muitos programas dirigidos ao envelhecimento ativo na região e de se identificar a necessidade de os partilhar e de os “discutir”, envolvendo as suas várias dimensões de abordagem – académica, institucional e comunitária. É um programa destinado, sobretudo, aos técnicos envolvidos em projetos desta natureza, mas aberto ao público em geral pela importância que tem no dia a dia das comunidades.

A sessão de abertura tem início às 9h30 com a participação de Élia Quintas, Vice-presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Robalo, Presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, e José Ramalho, Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Évora. O programa inicia-se pelas 10h com o painel “Uma ou várias alimentações?”, que terá como moderadora Anabela Gaspar, nutricionista do Município de Reguengos de Monsaraz, e as comunicações “Do Mediterrâneo para o Alentejo”, por Lino Mendes, diretor da licenciatura em dietética e nutrição da Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa, “Dicas para uma vida longa e nutrição”, por Alberto Chang, professor de fisioterapia e medicina natural em Portugal e no Peru, “Para uma vida saudável – Projeto Pipoca”, por Clara Lourenço, da Unidade de Cuidados na Comunidade Almoreg – Centro de Saúde de Reguengos de Monsaraz, e a apresentação do projeto “Macrobiótica na Cumeada”, por Teresa Mizon, da Casa da Cumeada – Food for health and happiness.

O segundo painel intitula-se “Do físico ao mental, uma visão multidimensional”, será moderado por José Pepo, médico de medicina geral e familiar, e terá apresentações sobre “Atividade física e movimento funcional na população sénior”, por Teresa Tomás e Beatriz Fernandes, docentes da licenciatura em fisioterapia da Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa, “Programas de intervenção multifatoriais para envelhecer em segurança”, por Jorge Bravo, do Departamento de Desporto e Saúde da Universidade de Évora, e “Envelhecimento ativo na deficiência”, por Helena Calaco, do Centro de Atividades Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz. A fechar o painel serão apresentados os projetos no âmbito do envelhecimento ativo do Município de Reguengos de Monsaraz: Seniores a Mexer e Universidade Popular Túlio Espanca – Polo de Reguengos de Monsaraz, por Pedro Natário e Fernando Quintas, do Município de Reguengos de Monsaraz.

O terceiro e último painel será sobre “Cuidado informal e voluntariado”, terá moderação de Ana Duarte, membro da mesa administrativa do Conselho de Administração da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, e comunicações sobre “A integração do cuidador informal no processo de cuidados”, por Manuel Lopes, da Universidade de Évora - Escola Superior de Enfermagem São João de Deus, “De esposa a cuidadora”, por Helina Lobo, cuidadora de utente integrado em equipa de cuidados continuados integrados ao domicílio, “Voluntariado Jovem”, por Rita Medinas e André Batalha, da Movireg - Associação de Voluntariado em Movimento de Reguengos de Monsaraz, e “Voluntariado – perspetiva da instituição que o acolhe”, por Rita Farias, do Centro Social Paroquial do Sagrado Coração de Jesus do Campinho.​

​Gabinete de Comunicação e Imagem | Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048 | imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt