Capela de São João Baptista


 
 
Capela de São João Baptista
(Cuba)
 

É o mais antigo monumento de Monsaraz (cuba muçulmana) sendo inicialmente um edifício fúnebre, ou um pequeno santuário muçulmano do domínio almóada (séc. XI-XII) que foi mais tarde cristianizado.

É um monumento cúbico, de planta quadrada e cúpula hemisférica de tijolos vermelhos, erigida sobre quatro trompas angulares de inspiração oriental. Numa face apresenta ainda vestígios de um arco de grande volta que poderia ter envolvido o arco em ferradura, primitiva porta de acesso antes da cristianização.

A presença árabe nesta zona, que outrora pertenceu ao reino mouro de Badajoz, encontra a sua expressão nesta cuba que só pode ter sido um santuário muçulmano ou um oratório erguido no recinto de um cemitério para recolher e guardar os despojos de um santarrão muçulmano.

A cuba de Monsaraz está erguida num antigo cemitério rupestre, que depois foi islamizado e logo após a Reconquista Cristã foi ritualmente purificado, convertido em igreja e consagrado ao culto cristão. A ermida que deu lugar ao santuário muçulmano ficou sob o orago de S. João Baptista, padroeiro dos Hospitalários e dos Templários.

 

_Localização
 arrabalde de Monsaraz
_Tipo_Classificação_Decreto
 Arquitectura Religiosa Monumento Nacional