Cisterna


 
 
Cisterna
 

É uma obra dos finais da Idade Média, encontra-se emparelhada na face oriental com o pano amuralhado dionisiano, nascente da Porta medieval do Buraco e delimitada a Ocidente na travessa pública do mesmo nome por um pitoresco arco gótico de pedra, que dava passagem ao colector geral das águas.

No terraço depositavam-se as águas pluviais descarregadas através das inúmeras caleiras presas aos beirais dos telhados, as quais penetravam no depósito por dois gargalos rebordados em pedra, de forma cilíndrica.

Esta cisterna, de enormes proporções, recolhia e armazenava as águas pluviais caídas do céu sobre os telhados de Monsaraz, e constituía o principal reservatório abastecedor da população.

 

_Localização
 Travessa da Cisterna, Monsaraz
_Tipo_Classificação_Decreto
 Arquitectura Civil n/a n/a