30 dezembro 2014

Construção da variante à Ponte do Albardão e da nova ponte sobre o Rio Degebe podem avançar no próximo ano

Estradas de Portugal contemplou no seu Plano de Proximidade esta obra que está prevista avançar desde 2010

​A Estradas de Portugal S.A. informou o Município de Reguengos de Monsaraz que o projeto "EN 256 Variante a Albardão" está contemplado no seu Plano de Proximidade 2015-2019 e que tem lançamento previsto no próximo ano. "Trata-se de um investimento de cerca de três milhões de euros e corresponde a cerca de 17 por cento do total do investimento da Estradas de Portugal para o distrito de Évora", diz a empresa no ofício de resposta à Moção que lhe foi enviada há cerca de seis meses pela Assembleia Municipal de Reguengos de Monsaraz.

As obras da variante à Ponte do Albardão, que inclui a ponte sobre o Rio Degebe, já haviam sido anunciadas em maio de 2010 pelo então Secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, numa cerimónia que decorreu em Reguengos de Monsaraz. O projeto apresentado contemplava a construção da variante com a extensão de 2,7 quilómetros e a nova ponte sobre o Rio Degebe, de 117,5 metros de extensão, com o objetivo de retirar o trânsito da ponte, que é demasiado estreita e não permite o atravessamento automóvel em simultâneo nos dois sentidos da estrada.

Nessa altura estava também previsto avançar com a construção da variante a Reguengos de Monsaraz, um projeto que integrava uma variante com 5,7 quilómetros de extensão e cinco rotundas de acesso a Reguengos de Monsaraz e às estradas que ligam esta localidade a Redondo (ER 381), Alandroal (ER 255), S. Pedro do Corval (EM 514), Mourão (EN 256) e Évora (EN 256).

Mais de um ano após o anúncio oficial, em agosto de 2011, a Estradas de Portugal informou a autarquia que a "EN 256 Variante à Ponte do Albardão, incluindo Ponte sobre o Rio Degebe", estava em fase de adjudicação e o início das obras previsto para o final desse ano. De acordo com esse ofício da Estradas de Portugal, a construção da variante à cidade de Reguengos de Monsaraz ainda não se encontrava calendarizada.

No dia 30 de junho deste ano, a Assembleia Municipal de Reguengos de Monsaraz aprovou por unanimidade a Moção "Pelo início das obras na EN256 – variantes à cidade de Reguengos de Monsaraz e à Ponte do Albardão" proposta pelos eleitos do Partido Socialista. No documento enviado à estradas de Portugal manifestava-se o "total descontentamento e desacordo pelo atraso nas obras na Estrada Nacional N.º 256 – nas variantes à cidade de Reguengos de Monsaraz e, principalmente, à Ponte de Albardão, no Rio Degebe (obra já há muito adjudicada) e exigir que, em nome da melhoria das condições de segurança rodoviária e de acessibilidades ao concelho de Reguengos de Monsaraz, sejam iniciadas muito em breve as referidas obras".

Com a integração do projeto "EN 256 Variante a Albardão" no Plano de Proximidade da Estradas de Portugal, que segundo a empresa foi "desenvolvido com base em objetivos estratégicos que passam pela melhoria dos níveis de serviço e de eficiência da rede rodoviária, bem como pelo apoio ao desenvolvimento económico das regiões", José Calixto, Presidente da Câmara Municipal, afirma que "é com muita satisfação que recebo esta informação e espero que as obras da variante à Ponte do Albardão e a construção da nova ponte avancem de facto em 2015. A correção deste traçado e a nova ponte são obras muito importantes para o concelho, pois neste troço tem havido graves acidentes que já custaram muitas vidas e é por isso fundamental melhorar as condições de segurança na circulação automóvel".

O autarca diz ainda que "caso se confirme esta informação e a obra de facto avance em 2015, este é mais um exemplo de que vale a pena lutar por aquilo em que acreditamos e que neste caso é fundamental para a qualidade de vida e para a segurança das nossas populações".

Gabinete de Comunicação e Imagem
Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048
imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt