25 março 2015

Município de Reguengos de Monsaraz construiu Casa Mortuária em S. Pedro do Corval

Edifício simula a construção em barro, material fundamental ao desenvolvimento do Centro Oleiro de S. Pedro do Corval

A Casa Mortuária de S. Pedro do Corval foi entregue no dia 20 de março à população. Esta obra do Município de Reguengos de Monsaraz ficou na gestão da Junta de Freguesia de Corval, que será responsável pelo seu funcionamento.

A nova Casa Mortuária de S. Pedro do Corval é um edifício de piso térreo com duas salas de velório e todas as instalações necessárias ao seu funcionamento. A edificação pretende revelar uma arquitetura de génese vernácula, tendo nas suas caraterísticas formais o objetivo de simular a metodologia da construção em barro, material fundamental no desenvolvimento económico e social da aldeia de S. Pedro do Corval, considerado o maior centro oleiro do país, com 22 olarias em atividade. Num plano geral, a intenção parte da vontade de assumir uma linguagem tradicional alentejana, tanto ao nível da orientação do edificado, como da forma e materialidade.  

O edifício, pelas suas características, é parte integrante da paisagem. A incerteza da classificação do artificial e do natural é, atualmente, um paradigma que se revela, não só, ao nível dos elementos, como também das definições de espaço urbano e rural.

​Gabinete de Comunicação e Imagem
Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048
imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt