19 outubro 2016

Exposição de pintura de CarIos Solano de Almeida na vila medieval de Monsaraz

“D’Alentejo” vai estar patente entre 22 de outubro e 4 de dezembro na Igreja de Santiago – Galeria de Arte

O pintor Carlos Solano de Almeida vai apresentar as suas obras no ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto. O artista plástico expõe as suas pinturas entre os dias 22 de outubro e 4 de dezembro na mostra "D'Alentejo", que vai estar patente diariamente na Igreja de Santiago – Galeria de Arte, entre as 9h30 e as 13h e das 14h às 17h30, na vila medieval de Monsaraz.

Carlos Solano de Almeida nasceu em 1949 em Lisboa e reside em Alvito. Descendente de artistas plásticos, formou-se em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa e realizou a sua primeira mostra em 1986, em Sintra.

Desde essa data tem partilhado os seus trabalhos com o público em dezenas de exposições individuais e coletivas, apresentando pinturas a óleo, aguarela, acrílico, carvão e tinta-da-china, revelando harmonia na cor, precisão nas formas e beleza no conjunto. No seu percurso artístico destacam-se mostras individuais na capital no Palácio Galveias (1989), na Sala Estúdio do Teatro S. Luis (1990), na Fragata D. Fernando II e Glória (1999) e na Metropolitan Closet Company (2015 e 2016), e coletivas na Exposição do IV Jeux Mondiaux de La Paix (Marrocos, 1990), Cercle Municipal (Luxemburgo, 1993), Centro Cultural de Belém (1993), Colégio de Arquitetos de Badajoz (Espanha,1995) e na Galeria de Arte do Casino do Estoril (1997).

As suas obras estão patentes no Museu da Cidade em Lisboa e no de Alenquer, mas também em coleções públicas, por exemplo na Assembleia da República, Banco de Portugal, Câmara Municipal de Lisboa e Embaixada de Portugal no Luxemburgo, e em coleções particulares no Brasil, Canadá, França, Estados Unidos da América, Luxemburgo e Portugal.

​Gabinete de Comunicação e Imagem
Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 048 | imprensa@cm-reguengos-monsaraz.pt