12 junho 2020

Obras de requalificação do Largo da Republica

Planta, principais equipamentos e linha de tempo do processo administrativo


A reabilitação do Largo da República e envolvente, no caso R. Bartolomeu Dias, Largo da Indústria, R. Luís de Camões, R. Ator Augusto de Melo, R. Alberto de Monsaraz e Rua do Covalinho, de cariz totalmente urbano assumem uma função importante nas ligações pedonais e automóveis na Cidade, no caso à Praça de Santo António, Praça da Liberdade, Largo Almeida Garrett, Biblioteca Municipal, Câmara Municipal, comércio e serviços e ainda à via pedonal e ciclável.

O Largo da República caracteriza-se por ser um espaço bastante amplo, com uma grande vivência e um enquadramento marcado pela fachada da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva.

Este espaço apresenta um conjunto de constrangimentos físicos que impedem a correcta fruição do mesmo do ponto de vista pedonal e a dificuldade de circulação automóvel. O objectivo é votar o espaço de uma ampla zona de estadia devidamente ensombrada e enquadrada numa trama de granitos ao nível do pavimento com uma ampla oferta de mobiliário urbano criando uma zona pedonal por excelência, por um lado, e por outro reordenando a circulação pedonal e automóvel na envolvente criando toda uma rede de áreas de estacionamento e passeios num contexto de mobilidade e acesso para todos.




Para mais informaçoes, consultar o anexo.