Adega do Calisto

Enoturismo

"Há sempre um sonho que espera quase uma vida para ser realizado! Por isso, quando acontece, torna-se intenso, pleno e tão rico como este vinho de eleição."

Situada na parte norte da cidade de Reguengos de Monsaraz, a Quinta da Várzea encontrava-se plantada por vinhas centenárias quando foi adquirida pela família Calisto no início da década de 80 do século passado.
A produção que se obtinha dessas vinhas foi sempre vinificada em Reguengos de Monsaraz, primeiro em adegas particulares da cidade e finalmente na cooperativa local.
Depois de replantada com castas tradicionais, quer tintas quer brancas, e através de diferentes formas de condução das cepas, mais apropriada à mecanização de várias operações culturais, a Quinta da Várzea, com os seus cerca de 35 hectares de vinha, deu início a um novo ciclo: o de "produtor-engarrafador".
Esta atividade, a de produtor-engarrafador, requer uma grande paixão pelo que se faz pois ganha-se uma consciência de que se é um elo entre as muitas gerações que, como esta, produziram e produzirão vinhos com outros meios e técnicas, obtendo um produto final de excelência, pois o solo, o clima e as castas não sofreram grandes alterações, mantendo a qualidade do produto final.
Com a construção de uma adega de raiz, em 2004, apta a transformar e armazenar a produção da Quinta, a família Calisto, casal e filhas, lançaram-se na transformação exclusiva das suas uvas e comercialização dos seus vinhos.
A excelência e a variedade das castas tintas, como Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon, ou das castas brancas, como Roupeiro, Perrum, Alvarinho, Antão Vaz e Sauvignon Blanc, bem como o rigor e cuidado tido desde a sua plantação, permitiram elaborar os vinhos Callistus Branco e Tinto - DOC Reguengos, Adega do Calisto - Regional Alentejano e Joaquim Calisto - Reserva e Colheita Especial.
A adega situa-se num local privilegiado com vista panorâmica sobre as vinhas da quinta e paisagem envolvente onde se destacam:
- a Sul, a cidade de Reguengos de Monsaraz;
- a Este, a vila medieval de Monsaraz e o maior centro oleiro de Portugal - S. Pedro do Corval;
- a Sudeste, o imenso lago de Alqueva;
- a Norte, o complexo arqueológico dos Perdigões.

Fica o convite a todos quantos queiram visitar a Adega do Calisto, sabendo que serão bem acolhidos, com simpatia, amizade e com a possibilidade de poderem degustar bons vinhos alentejanos, elaborados exclusivamente a partir de uvas de Reguengos de Monsaraz.

Enoturis​mo

O Enoturismo da Adega do Calisto permite ao visitante conhecer as instalações da adega onde é partilhado o método de produção bem como as escolhas e motivos que levaram à elaboração dos diferentes vinhos da família.
Também possibilita a prova de vinhos num ambiente informal onde são encorajados o feed-back e as sugestões por parte dos visitantes.

Caraterísticas do espaço: Adega própria
Atividades: Observação do processo, Visitas guiadas, provas/degustação
As visitas incluem prova de dois vinhos (branco e tinto) por 2,50 euros pax, não sendo permitidas visitas para grupos superiores a 10 pessoas.​

Horário:​ 09h30-13h00 | 15h00-18h30 (todos os dias)

Contactos​

Adega do Calisto - Soc. Agrícola Quinta da Várzea
EN 255, Quinta da Várzea
7200-207 Reguengos de Monsaraz
GPS: 38.436273, -7.541440
Tel. (+351) 266 502 627
sites.google.com/site/adegadocalistoquintadavarzea​
vcrm@sapo.pt

EN 255, Quinta da Várzea (38.436273, -7.541440)

Informações Adicionais

​Tem estacionamento
Não é permitida a entrada de animais
Tem pagamento por multibanco​