Monsaraz - Fortificação Seiscentista

​Estas fortificações são recebidas no âmbito da guerra da restauração (1640-1668) e do progresso da artilharia de cerco. Com papel fundamental na defesa fronteiriça, o traçado elaborado para Monsaraz, da autoria de Nicolau de Langres e Jean Gillot, baseava-se no sistema franco-holandês, desenhado por Vauban, que previa a construção de uma nova muralha composta pelo Forte de São Bento, "chave defensiva do Arrabalde", com revelim abaluartado e cortina artificial, o Forte propriamente dito, em forma de estrela, o Baluarte de São João e o Baluarte do Castelo. Planeou-se igualmente a construção de três torres no termo de Monsaraz, sendo a primeira implantada no marmelão de São Gens, a segunda na herdade das Pipas e a terceira na herdade de Ceuta.